Pages

domingo, 11 de julho de 2010

PT paraense briga por candidato único ao Senado

Manchete do Diário do Pará deste domingo

O Partido dos Trabalhadores espera ter em mãos amanhã ou depois, parecer jurídico sobre as candidaturas ao Senado, em separado, de partidos que fazem parte da “Coligação Acelera Pará”.

Além do complicador político que essas candidaturas representam nas conversas com vistas ao segundo turno, o PT teme que os registros desses candidatos ameacem juridicamente a candidatura do deputado federal petista Paulo Rocha.

A intenção do PT era não pedir impugnações para evitar desgastes com os aliados, mas a legenda já ameaça ir a Justiça se for preciso preservar a candidatura de Rocha. “Se colocar em risco, a coisa muda de figura. A candidatura do Paulo é condição si ne qua non para nossa chapa”, diz o coordenador Executivo da campanha “Acelera Pará”, André Farias.

Leia mais na edição eletrônica do Diário do Pará

Um comentário:

mapinguari disse...

Enquanto eles brigam, eu bebo cerveja gelada e assisto de minha poltrona confortável. Briguem, briguem, vão vão... peguem o poder, peguem...
Ass. Mapinguari, o observador de Pindorama