Pages

sábado, 24 de julho de 2010

Muitos querem, poucos conseguem a empatia e cumplicidade do público.

Quando acontece, é lindo de se ver.



Fui apresentada ao maestro Karajan pela amiga Carla Vianna em 2005.
Encontrei, no youtube, a parte final do concerto de Ano Novo em Viena (1987). Quase metade é dedicada aos créditos, mas compensa ver o público embevecido com o artista e, o mais lindo, sendo totalmente correspondido.
Quando vejo esse vídeo, sinto uma irresistível vontade de bater palmas.
À Carla e aos seis leitores do blog, um excelente domingo.

8 comentários:

JOSÉ DE ALENCAR disse...

Rita,

Parece que os músicos estão presos aos dedos de Karajan por fios energéticos mágicos e invisíveis.
A platéia passou a fazer parte da orquestra. Afinadíssima.
Imagine se nossos governantes conseguissem governar como Karajan rege...

Anônimo disse...

Noooossa, eu jurava que era o meu queridíssimo intéprete de Bach: João Carlos Martins, como está parecido.

Anônimo disse...

realmente, eu tbem pensei que fosse Carlos Martins

RS disse...

Alencar, para chegar a esse nível é preciso muita dedicação e nem todos estão dispostos a isso.
Pena.
Feliz em vê-lo aqui!
Anônimos, se me permite, o charme é o mesmo

Anônimo disse...

Rita,
A obra em execução chama-se "Cavalaria Ligeira".
JNP

Carla disse...

Nos idos de 2005, até hoje,um grupo de jornalistas, publicitários e outras espécies, se reúne, sempre no sábado, numa espécie de "bunker",em casa, pra trocar, livros, filmes e falar de nós, dores, vidas, decisões; enfim tudo!
Naquela sexta, cheguei do jornal e coloquei Harajan e fiquei ouvindo por horas.
No sábado, apresentei aos amigos esta última apresentação de Herbert, em Viena,no ano de 1987. Na meia noite, ele reje os músicos e a platéia, afinadíssimos. Os dois simultaneamente é de enternece o público mais exigente, até quem não "ama" os clássicos. Rita se apaixonou, como os demais. Minha filha Marina, andava pela casa, me chamou e perguntou: Foi no ano novo? -sim? ficaram sentados,sem fogos, festa? só palmas? -sim. Todos gostaram mãe? -gostaram. Completei sendo meu sonho, passar um ano novo ao som de uma grande orquestra, depois que assisti este DVD. Marina, no alto de seus 16 anos, disse:-mãe não conta isso pra ninguém só pra mim! foi quase um ultimato.
À minha irmã Rita Soares, certamente, fará quando conseguir ter folga. Quem sabe não leva a mim, Marta, Marina e Danilo!

À Rita com admiração,

Carla Vianna

Carla disse...

Faltou completar. Realizei meu sonho no Teatro de Stokolm, com um maestro de 20 anos. Uma nova descoberta da música clássica, na Europa. A música flui da batuta ao personagem. Este ainda poderemos ver juntos, por muitos anos, assim espero. Vou te apresentar!

Carla Vianna

RS disse...

Carla, aos 16 anos, a Marina achava que éramos todos loucos. Hoje tem certeza, hehehe
Ainda temos tempo para realizar esse nosso sonho, mas não podemos nos demorar
Abs
E volte sempre