Pages

sábado, 5 de junho de 2010

Lira Maia veta acordo do DEM com PT

Do blog O Estado do Tapajós, do jornalista Miguel Oliveira, direto de Santarém



"O deputado federal Lira Maia(Democratas-PA) declarou sexta-feira que não apóia a proposta feita pelo chefe da Casa Civil Everaldo Martins Filho ao presidente da legenda deputado federal Vic Pires Franco, para que o partido integre uma coligação em torno da governadora Ana Júlia. "Não acredito nessa possibilidade. Se acontecer tenho certeza que meus eleitores não vão aprovar essa união. Quem manda em mim são os meus eleitores. Se eles não concordam, com certeza não aceitarei uma coligação com o PT", declarou."O deputado Vic tem conversado comigo sobre as coligações e eu tenho dito a ele que a única que não aceito é a coligação com o PT", explicou Lira Maia".

3 comentários:

Franssinete Florenzano disse...

Como já disse no Twitter, Lira Maia é unha-e-carne com Vic. Tem sido omisso em relação a todas as sandices e crimes contra a honra que ele perpetra.
Só mesmo o Miguel, que o assessora, para dizer que Lira Maia veta alguma decisão do casal luxo do Atalanta. Quero ver se ele tem peito para defenestrar os donos do DEM no Pará. As urnas dirão!

O Estado do Tapajos On Line disse...

O ódio da Frannsi ao Vic a deixa com a visão jornalísitica embassada, de modo a publicar uma informação falsa: que eu assessoro o deputado Lira Maia.
Digo e repito: Lira Maia é meu amigo há mais de 30 anos.
Além isso, solidariedade é algo que se recebe, não se pede nem exige.
De mim a Franssinete já a recebeu, sem me pedir.
Não sou filiado ao DEM e a nenhum partido.
Sou apenas jornalista.

Abs
Miguel Oliveira

Franssinete Florenzano disse...

Você sabe melhor do que eu, Miguel, que trabalha para o deputado lira Maia.
Ele novamente o desmentiu em público. E agora?

Mais: não tenho ódio a Vic nem a ninguém. Pessoas amorais, aéticas e vis têm, no máximo, o meu desprezo.
Meu coração é todo tomado pela minha família e pelos amigos sinceros que conquistei ao longo da vida. Quem me conhece sabe disso.