Pages

domingo, 16 de janeiro de 2011

Confusão

Cinco carros da Rotam, mais de uma dezena de policias e muito bate-boca foi o resultado de uma parada do deputado federal Paulo Rocha numa blitz, por volta de meia noite de ontem, na Municipalidade com a Doca.
Os policiais acusam o deputado de estar bêbado e de tê-los desacatado.
O deputado nega. Diz que foi houve excessos dos policiais que chegaram a dizer que ele não podia reclamar porque tinha perdido a eleição.
Paulo Rocha voltava para casa após jantar em homenagem ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, quando foi parado na blitz. Estava no banco de trás sem cinto. O policial pediu que ele aguardasse por um superior que avaliaria a situação, Rocha reclamou da demora e foi ameaçado de prisão. Começou a confusão que só terminou uma hora e meia depois. O deputado foi liberado com multa.

32 comentários:

Anônimo disse...

De jantar em jantar, os petistas demonstram que estão vivinhos da silva.

Anônimo disse...

Esse é o jeito do pessoal da ptzada, arrogante, prepotente e autoritaria, mais ja esta acabando a imunidade deste sujeito que vive acusta do dinheiro publico.

Virgilio disse...

Talvez se pudesse dizer de carteirada em carteirada, né não?

Lilica disse...

Sei não,penso que isto foi uma armação, aplicaram pra cima do Paulo Rocha. A polícia, qdo quer,sabe provocar e criar os seus factóides...

Anônimo disse...

Ainda não entendi: É proibido andar alcoolizado, sem cinto no banco de trás agora? Se for, acho que eu vou levar multa direto... rsrs

Anônimo disse...

Parar carro poris o apssageiro do banco de trás está sem cinto? Foi pura armação e desrespeito a Ministro de Estado e a Deputador Federal. Esses PMS são arbitrários e vingativos.

Anônimo disse...

Não tem nada a ver com PTZADA. É comportamento padrão dos parlamentares brasileiros.

Anônimo disse...

Conheço o Paulo Rocha há muitos anos, custo a crer nisso. Nunca o vi bebâdo, sei que ele é um bom pé de valsa, mas bebum não!

Anônimo disse...

agora quem acredita nessa policia de belem so tem safados bandidos vestidos de policiais eu ja presenciei varios abusos deses nojentos

Anônimo disse...

Se a ROTAM não tem o que fazer, vai lá na Visconde, mas a Visconde de Inhaúma - (canal da PEDREIRA) lá sim, tem marginais assaltando pessoas do bem, assaltam até os próprios vizinhos. Não sou PT, mas estou do lado do Paulo Rocha.

Anônimo disse...

Se Jatene não botar freio nessa PM corrupta e truculenta, osomi vão fazer a mesma coisa com ele e com os seus. Não se trata apenas de vingança contra o governo do PT. O problema é a falta de princípios impera na tropa. No interior, a situação é mais escabrosa ainda.

Anônimo disse...

policiais querendo aparecer isso sempre vai acontecer se a ana tivisse ganhado a eleicao els simplismente dirian boa noite autoridade

Anônimo disse...

Impressionante... O Paulo Rocha foi tratado como qualquer um seria pela policia. Algum susto nisso? O que ele é pra ser diferente? Pelo que sei nem emprego tem? Qto a policia, essa é a policia que foi treinada e contratada pelo PT, afinal foram 4 anos de governo e contratação de PMs.

Anônimo disse...

O pessoal que abordou o Paulo Rocha deve ser daqueles policiais pen-drives que o Jatene denunciou na campanha.

. disse...

Um abuso de autoridade desse não pode ser partidarizado. Não importa a bandeira da vítima, nem seu emprego.

O estranho é parar um carro pq o motorista de trás está sem cinto e alcoolizado!

Rita, essas notícias de hoje estão muito bizarras, né? (pq a razão da saída do xerfan é uma anedota)

Anônimo disse...

A PM é e sempre foi assim mesmo, com Ana Julia, Jatene, Almir, Jader, Hélio Gueiros e por aí afora.
Nada surpeendente e novo.
Por que seria diferente com Paulo Rocha ?

Arminio Cunha disse...

Não é atribuição da policia:civil,militar e guarda municipal, emitir multas de transito, é uma atribuição dos agentes de transito,ou será que o governo tucano vai tratar o transito de carros e pessoas como um caso de policia e extinguir os agentes do DETRAN e CTBEL, que ganham razoávelmente bem para não receberem propinas.

Alô,Ministério Publico! façam o cada qual no seu lugar,quanto ao Paulo Rocha, se recorrer a multa cai se o agente não viu por não estar no momento do incidente.

MARCIO VASCONCELOS disse...

Se houve excesso tem que haver punição, pois, ontem foi o Paulo Rocha, amanhã será eu ou você

Anônimo disse...

Querem desconstruir a imagem e reputação do Paulo Rocha. A oposição não consegue engolir os quase dois milhões de voto que Paulo Rocha teve! Não podem - como comentaram acima - parar um carro a noite pq o passageiro no banco de trás estava sem cinto... Claro que faz parte de uma ARMAÇÃO ORQUESTRADA!

Anônimo disse...

eu conheço o PAULO ROCHA, e tenho certeza que ele não e disso, outra coisa ele hoje e DEPUTADO FEDERAL COM 5 MANDATOS, vamos respeitar isso outra coisa não existe policial pen draiv e nem contrato temporario para policial, se informe para depois falar. Paulo e uma liderança, não importa o partido politico

Anônimo disse...

Resumo da ópera: Quando os idiotas se encontram.

Anônimo disse...

Esse Paulo Rocha, não está acima da lei, que deve ser cumprida e não discutida. Esse negócio de "SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?" não voga mais. Errou, tem mais que ficar na dele e acatar o que determina a lei. Sifú. É isso aí, PMs façam cumprir as leis desse País e doa a quem doer.

Anônimo disse...

o código de trânsito é para todos condutores brasileiros, nesse caso o sr paulo rocha era passageiro e foi abordado pelos agentes de transito do detran que estavam orientando o condutor e o sr paulo rocha foi de uma arrogância absurda, e por isso a participação da PM no caso como se faz toda vez que qualquer cidadão se excede e ele não é diferente nem melhor nem pior tinha que ficar quietinho porq era passageiro art 167 do CTB deixar o condutor ou passageiro de usar cinto de segurança 5 pontos grave " o passageiro num tem nada haver com isso fique caladinho sr paulo rocha respeite os funcinários públicos em exercício da função de exemplo sr "

Anônimo disse...

é uma pena saber que pessoas assim como esse sr se acha acima da lei, e outras que não sabem como isso tudo aconteceu realmente vão logo tirando suas conclusões levando pro lado político...êêêê terrinha

Anônimo disse...

meu amigo então toda vez que uma autoridade for parada é armação politica, a lei é pra todos os condutores meu amigo nesse caso ele nem tinha que flar nada so colocar o cinto e ir embora.....
"Querem desconstruir a imagem e reputação do Paulo Rocha. A oposição não consegue engolir os quase dois milhões de voto que Paulo Rocha teve! Não podem - como comentaram acima - parar um carro a noite pq o passageiro no banco de trás estava sem cinto... Claro que faz parte de uma ARMAÇÃO ORQUESTRADA!"

Anônimo disse...

Art. 65 CTB - É obrigatório o uso do cinto de segurança para condutor e passageiros em todas as vias do território nacional, salvo em situações regulamentadas pelo CONTRAN.

Anônimo disse...

Estranho uma blitz na Municipalidade, a noite, e domingo! Isso foi armação das grandes, sou apartidário, e entendo que os petistas serão perseguidos como bruxas nessa nova era tucana. É só ler os jornais, todos os dias tem matéria falando mal de petistas (Diário e O Liberal) e do Jader (O Liberal).

Anônimo disse...

Eu li direito, 5 carros da ROTAM, vamos fazer umas continhas aqui: cada carro abriga em média 5 pessoas e 5x5 = 25.Éguaaaaa.. tudo isso pra parar uma pessoa que estava sem cinto no banco de traz, 2 ou 3 policiais dariam conta disso. Enquanto isso a bandidagem corria leve e solta por ai. Sabemos sim do uso obrigatório do cinto de segurança, mas atire a primeira pedra quem nunca fez isso, e também sem querer defender o Paulo Rocha, mas pelo pouco que o conheço de sua educação, não o vejo desacatando policiais com frases do tipo: "voce sabe com quem está falando"... Enfim querem saber eu morro de medo da polícia. ...

Anônimo disse...

Pelo Fato citado, é uma infração de transito, pela conjuntura é crime político, pelo comportamento é desacato, pelo tratamento é abuso, mas a principal pergunta quem é o culpado?vc que quer elevar cada vez mais a impunidade o os políticos que prevalecem de suas imunidades para burlar as regras sociais. quero deixar bem claro que gosto muito da ideologia socialista popular não de Estado, gosto de ver o povo bem e lutando pelos seus direitos, porém a constituição ressalva que segurança pública é dever do Estado e dever de todos, só assim vamos para a ordem e o progresso real. Enquanto as hipocrisias vejam que cada pessoa tem a sua. Cuidado ao defender e ao condenar, lembre-se que não somos juízes de ninguém.

Um abraço e que Deus nos ajudem

Anônimo disse...

Pura Armação pra criar FATO.

nova esquerda disse...

com certeza entre os pm´s devia haver algum pai de aluno da rede publica estadual de ensino (SEDUC), e seus filhos devem comer merenda escolar com preço de caviar e qualidade de BROA DE PADARIA SERGIPANA, ou quem sabe entre os pm´s tinha algum amigo de chico.

Anônimo disse...

Amigos! Vamos refletir!
Minha opinião sobre a situação vai procurar ser imparcial, senão vejamos! No mundo jurídico, existem 3 verdades, a verdade das partes e a verdade real, que em alguns casos, não necessariamente é a verdade de alguma das partes. Todo o litigio foi criado por estar o Sr. Paulo Rocha sem cinto no banco de trás????? Será que era só isso mesmo????? Será que a PM ao observar alguma irregularidade que em se tratando de um cidadão "comum", relevaria mas quis tirar uma "casquinha", por se tratar se um político aqui de nosso estado? Uma coisa é certa, quem conduzia o carro poderia estar apresentando sinais de ingestão e bebida alcoólica e o Sr. Paulo Rocha deve ter "pedidos" aos "meninos" que os liberassem, mas o "meninos" não atenderam a seu pedido e aí as coisas se desenrolaram! Minha opinião!